“Derrubem o fascismo, se nós não o pudermos fazer antes! Instaurem uma sociedade humana. (…) Aprendam com os erros do passado. E lembrem-se de que nós, os mortos, iremos, nisso, ao vosso lado!

Façam o mundo melhor, ouviram? Não me obriguem a voltar cá.”

(Sacramento, M., Carta Testamento)