“Dificilmente se compreendia, com efeito, que a fé separasse os homens no que mais humano intimamente os une: a sua própria condição humana.”

(Sacramento, M., Frátria: Diálogo com os católicos (ou talvez não), p.43)